Produção industrial cresce 0,3% em abril, diz IBGE

Compartilhe:
Imagem: SXC Imagem: SXC

A produção industrial brasileira registrou em abril uma alta de 0,3%, na comparação com o mês imediatamente anterior, segundo divulgou nesta terça-feira (4) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar da alta, o avançou foi insuficiente para recuperar a perda de 1,4% de março.

Na comparação com abril de 2018, a indústria registrou queda de 3,9%.

"O setor industrial acumulou perda de 2,7% nos quatro primeiros meses de 2019. O indicador acumulado nos últimos doze meses, ao assinalar recuo de 1,1% em abril de 2019, permaneceu com a trajetória descendente iniciada em julho de 2018 (3,3%). Com esses resultados, o setor industrial ainda se encontra 17,3% abaixo do nível recorde alcançado em maio de 2011", informou o IBGE.

Economia estagnada

A indústria foi o setor com o pior desemprenho no 1º trimestre, puxando a queda do PIB (Produto Interno Bruto), que recuou 0,2% na comparação com o 4º trimestre, na primeira retração da economia desde 2016.

A atividade da indústria teve queda de 0,7% no 1º trimestre, impactada principalmente pelo recuo de 6,3% da indústria extrativa, refletindo os desdobramentos do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho (MG).

O setor também tem sido afetado pela desaceleração do comércio global e pela crise econômica da Argentina, que é um importante importador de produtos manufaturados do Brasil.

Economia real sofre, e indústria vira retrato do marasmo

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getulio Vargas (FGV) voltou a cair em maio, retornando ao patamar de março e ao nível mais baixo do ano.

De acordo com a última pesquisa Focus do Banco Central, o mercado reduziu a projeção de alta do PIB em 2019 de 1,23% para 1,13%. Foi a 14ª queda consecutiva do indicador. Para a produção industrial, a previsão ainda é de um resultado um pouco melhor do que o PIB geral, de alta de 1,49% no ano.

fonte: Udop, com informações do G1