Cuidados com o Manuseio de Selos

Compartilhe:

Os selos mecânicos são equipamentos cujas principais partes são fabricadas com materiais de baixa resistência ao impacto, devido a sua alta dureza para maior resistência ao desgaste, partes que se fraturam ou se deformam quando manuseados de maneira incorreta. É necessário tomar as seguintes precauções:

  • Nunca permitir que o equipamento sofra qualquer tipo de choque mecânico;
  • Ao retirá-lo da embalagem, evitar tocar as faces de vedação com as mãos e não permitir que as mesmas entrem em contato com qualquer outra superfície;
  • Não colocar nenhum tipo de objeto sobre o selo.

Procedimentos e Cuidados na Instalação

  • Os equipamentos devem estar em condições ideais de funcionamento;
  • Na montagem utilizar apenas vaselina neutra ou glicerina líquida para lubrificar os anéis elastômeros, e álcool para limpeza das faces, nunca utilizar graxa ou óleo;
  • Ao serem acoplados no equipamento, os selos não devem sofrer nenhum tipo de choque, devem ser montados e ajustados somente com o esforço manual;
  • Verificar se o eixo está rotacionando livremente, antes de iniciar a operação do equipamento, caso contrário, verificar a montagem do selo mecânico;
  • Proceder corretamente os planos de ligação (API 610) designados pelo fabricante para cada tipo de selo, de acordo com o produto bombeado;
  • Já no equipamento, o selo mecânico só deve entrar em funcionamento depois de injetado seu fluido lubrificante/refrigerante;
  • Não permitir nenhum tipo de vibração ou cavitação do equipamento em que foi instalado o selo, pois isso pode danificá-lo severamente.
  • A concentricidade de giro para velocidades de até 25m/s entre eixo e a caixa da câmera de vedação deverá ser de no máximo 0,2mm.
  • Os selos com molas cônicas são dependentes do sentido de rotação, os que possuem mola direita destinam-se para rotação no sentido horário e com mola esquerda sentido antihorario, sempre visto do lado do acionamento.